Alunos da  Escola Nacional de Artes Visuais inauguram, amanhã, dia 13 de Setembro, pelas 18h, no edifício sede  do BCI,  uma exposição intitulada “Processos, Criações e Aprendizagem”.
A exposição fecha um ciclo de trabalhos que os alunos, dentro do curso, têm desenvolvido no processo de ensino-aprendizagem.
A Directora da Escola Nacional de Artes Visuais, Ricardina Marcos,  falou à nossa reportagem que estas exposições ocorrem anualmente desde que a escola firmou parceria com o BCI, que tem dado o seu apoio para que os professores e os alunos sigam os seus termos de referência  no ensino e aprendizado, com o objectivo de incentivar os alunos a aliar a teoria à prática,  expondo os seus trabalhos.
A nossa entrevistada, faz um balanço positivo do trabalho realizado desde a sua criação até hoje  e reafirma que os docentes estão empenhados em elevar a qualidade técnica dos formandos.
De referir que a presente exposição reúne trabalhos desenvolvidos nas oficinas dos diferentes cursos leccionados e que  para além do BCI conta também com o apoio da Comunidade Académica para o Desenvolvimento “CADE” e Kulungwana.
A Escola Nacional de Artes Visuais é vocacionada para a formação de técnicos médios nas especialidades de cerâmica, têxteis, gráficas e formação de professores de educação Visual e ofícios e foi criada em 1983.